Alguma motivação antecipada de # segunda-feira com Skylar Brandt da ABT

Nós sabemos, nós sabemos - segunda-feira é a última coisa em que você quer pensar na noite de domingo. Mas Skylar Brandt do American Ballet Theatre está nos dando uma inspiração séria esta noite, e nos deixando animados para a semana que se inicia. Brandt conversou recentemente com o The Warm Up, que é o blog oficial do ClassPass, ...

Nós sabemos, nós sabemos - segunda-feira é a última coisa em que você quer pensar na noite de domingo. Mas American Ballet Theatre de Culpa Brandt está nos dando uma inspiração séria esta noite e nos deixando motivados para a semana que se inicia. Brandt conversou recentemente com The Warm Up, que é o blog oficial do ClassPass, sobre tudo, desde suas inspirações na dança até os muitos equívocos em torno de bailarinas e balé. Adoramos quando os bailarinos levantam a cortina de volta aos seus mundos - é fascinante saber o que os move como artistas e as jornadas que passaram para chegar onde estão. Confira nossos destaques da entrevista abaixo e certifique-se de assistir a entrevista completa aqui .


PC : O que você acha que é um equívoco comum sobre dançarinos de balé?

SB : Um equívoco comum sobre dançarinos de balé é que não comemos. Isso é totalmente falso! Assim como os atletas olímpicos comem enormes quantidades de comida para abastecer suas apresentações, os bailarinos fazem o mesmo! Trabalhamos 12 horas por dia em média durante as temporadas de desempenho, por isso estamos sempre precisando reabastecer e reabastecer nossos corpos.



PC : Qual foi sua performance favorita? Porque?

SB : Uma das minhas apresentações favoritas foi dançar meu primeiro papel principal na ABT. Eu tinha 20 anos, dançando ao lado de uma dançarina principal incrivelmente experiente que eu cresci admirando. Dividir o palco com ela nesta parte proeminente foi monumental para minha carreira e me deu um gostinho de como é liderar um show.

PC : Além de dançar, quais são algumas de suas maneiras favoritas de se manter ativo?

SB : Eu tomo Pilates como uma forma de treinar e fortalecer ainda mais meu corpo. Outro prazer meu é fazer aulas de hip-hop! Minhas irmãs cresceram fazendo hip-hop e sempre gostei tanto de assistir quanto de assistir às aulas com elas. Na verdade, uma das minhas irmãs se tornou uma dançarina do Knicks City e eu acho muito legal e divertido ter aulas abertas com um profissional de verdade, de quem sou tão próxima. Meu pai também começou a praticar hip-hop recentemente, então eu também gosto de ir às aulas dele.

Quer mais Dance Spirit?